Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João 869,  14882-010 Jaboticabal SP
SOBRE O AUMENTO DO ICMS NO ESTADO DE SÃO PAULO Jaboticabal, 6 de janeiro de 2021 Prezados leitores  É lamentável ver um governo no Estado de São Paulo, agir com insensibilidade e em uma época como a que estamos vivendo, e criar um aumento da alíquota do ICMS, Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços.  Se realmente vigorar, esta medida deve causar uma alta no preço final, aos consumidores que pode chegar a 13,6%, de acordo com o levantamento da FIESP O aumento de imposto também afetará área de medicamentos, hortifrutigranjeiros, máquinas e veículos usados.  De acordo com a Federação das indústrias do Estado de São Paulo FIESP este aumento trará resultados desastrosos para a economia Paulista. Uma manifestação contra o aumento do ICMS deve ocorrer em várias cidades, inclusive em Jaboticabal, neste dia 7.  A ideia do governador é de aumentar o ICMS e também o valor do licenciamento anual de veículos, o licenciamento deve ter uma alta de 40% em relação a 2020.  Inconcebível que um governo desconsidere o sufoco pelo qual o Estado passa na economia, principalmente no último ano, quando, por causa da epidemia do coronavírus houve o fechamento da atividade comercial e industrial do Estado, provocando falências e desemprego, e agora sem mais sem menos venha com esse aumento de impostos. Não me venha dizer que ele faz esse aumento serve para prestar melhores serviços. Há muitos anos, há mais de 20 anos, o Estado de São Paulo tem seus serviços precários, e mesmo com a arrecadação de impostos em São Paulo, um Estado que tem a maior economia no país, nós temos hospitais em pedaços, rodovias que quando não estão em concessão, ficam em péssimo estado de conservação Temos ainda um governo que durante a pandemia ao invés de auxiliar os municípios e entender a peculiaridade de cada um obrigou, que todos os prefeitos fechassem o comércio, sob pena de processá-los como se fossem meros fantoches na mão de governo estadual. Contanto que fizesse uma entrevista diária, para aparecer junto com alguns secretários, o restante não importava.  Agora para completar aumenta o imposto, um imposto que vai afetar diretamente na alimentação da população Paulista já desgraçadamente sem recursos, onde parte dela é favelada e para a qual o governo paulista nada fez para melhorar a condição de moradia desses Paulistas favelados.  E ainda quer se candidatar à presidência? Para quê? Para destruir o país também além de destruir o Estado? Para aumentar impostos enquanto ele vai viajar para Miami? (Como tentou fazer e só não fez porque o povo Paulista reclamou durante a pandemia, há cerca de duas semanas atrás)  Que arrecadação maior ele pensa em gerar se nós estamos chegando ao ponto de uma arrecadação extorsiva e que vai começar a diminuir a produção e inviabilizando a indústria e Agricultura Paulista. É esse o governo que diz que cuida da saúde do povo, mas encarece o alimento que o mesmo povo vai comer?  É esse o governo que diz que cuida da saúde do povo mas coloca o ICMS que vai encarecer os insumos médicos? O que quer o governador e o seu governo? fazer com que São Paulo fique abaixo de outros Estados.  Se continuarmos assim São Paulo, que sempre foi a locomotiva do Brasil vai ficar sem muitas indústrias, já que Muitas delas podem migrar para Estados que têm uma carga tributária mais vantajosa.  Isto é governar em nome do Povo e para o bem do Povo Lamentável simplesmente lamentável.
fotos: facebook do autor  dominio público e EBC foto
Mentore Conti Mtb 0080415 SP
Para ler em Smartphones gire seu aparelho na horizontal
Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte