Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com.br Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
ESCRITOR RIBEIRÃO-PRETANO REALIZA PALESTRA FALANDO DA LITERATURA DE ESCRITORES NEGROS CONTEMPORÂNEOS Mentore Conti Mtb 0080415 SP // foto Claudinho Spinola Jaboticabal, 18 de novembro de 2021 O escritor e jornalista André Luiz da Silva de Ribeirão Preto, realizará uma palestra nesta próxima sexta-feira, dia 19 de novembro, na plataforma cibernética (virtual) Meet, com início às 19:30 h. A palestra tem o Título “As Histórias Contadas Pelos Leões” e abordará o tema do escritor negro contemporâneo. O evento está sendo organizado pela Casa do Poeta e Escritor de Ribeirão Preto.  Segundo André Luiz da Silva, a ideia é abordar a trajetória destes escritores e suas obras, onde além de abordar as temáticas gerais, estes escritores falaram também, do problema do Negro, da negritude. O Site Crônica e Arte, perguntou a André, se o preconceito sofrido pelo poeta catarinense, Cruz e Souza (João da Cruz e Sousa que não pode ingressar como promotor porque era negro e na morte foi transportado por trem em um vagão cocheira, porque era negro), ainda é presente hoje. André disse que muitos escritores negros que tiveram sucesso, foram “embranquecidos”. Os fatos que se passaram com Cruz e Souza, só retratam o que aconteceu historicamente, o fato de ser jogado de desvalorizado. São fatos que fazem parte de um roteiro da exclusão. Nos dias de hoje a cultura negra ainda enfrenta problemas, como lembrou André, nas religiões de origem africanas ou mesmo na música, onde o samba, por exemplo perdeu o espaço que tinha na mídia. O funk (que no Brasil teve início com Wilson Simonal e Tony Tornado), e que foi retomado nos dias de hoje como uma música de protesto, ficou, atualmente praticamente, com um viés erótico. André lembrou que neste ponto, o próprio rap, que teve um início no Brasil, com Jair Rodrigues, quase não é mais lembrado e perdeu também um pouco de suas raízes. Em Ribeirão Preto, não existe tanto preconceito, mas existe uma dificuldade em encontrar editoras. André disse, que muitas pessoas procuram não enfrentar o tema. Na cidade, podemos citar a trajetória de José Carlos Barbosa e Cesário (José Cândido Cesário, falecido recentemente), entre outros, frisou André A palestra é realizada em comemoração ao dia da consciência negra e a ideia é fazer um bate-papo, levantar questionamentos, para que se fale com mais carinho sobre este tema, disse André. A casa do Poeta e Escritor de Ribeirão Preto já realizou outras palestras com outros autores como Perce Polegato, ou como a escritora e professora Maria Conceição Alves de Lima e Wlaumir Souza. Maris Ester A. Souza, presidente da Casa do Poeta e Escritor de Ribeirão Preto, disse que o escritor André Luiz, foi convidado pela personalidade que ele é na cidade, como escritor, radialista, advogado e Jornalista.  Maris Ester disse a palestra é aberta a todos os interessados e na sexta-feira, vai ser criado o link e colocado no facebook inclusive A fampage da Casa do Poeta e Escritor de Ribeirão Preto é https://www.facebook.com/casadopoetarp
continua depois do anúncio